Miriam Barbosa: Quando chega a calada da noite, pra mim...

Quando chega a calada da noite, pra mim acabou o mundo!
Porque é hora de pensar mais uma vez, de olhar mais uma vez e chorar mais uma vez. Infelizmente é hora de voltar a qualquer situação!
Minha cabeça voa, roda, fala, é uma coisa sem explicação, eu ando no tempo, eu falo sozinha, eu me empolgo comigo mesma. Eu assisto a uma novela, ouço uma música, escrevo uma história, e minha única necessidade é de agradar só a mim, é isso se torna chato, vício e maluquisse.
Porque eu apenas estou lembrando, ví que tentei contar sobre uma novela pra alguém, lembrei que tentei cantar uma música e até tentei ler uma história que eu mesma inventei. Mas nada foi acontecimento, só estou lembrando que tentei olhar nos olhos de alguém pra poder falar, e com gestos dividir minha alegria. E isso é pedir demais?
Acho que não! Poxa era só sorrir junto comigo, você também se recusou a ser feliz por um momento. Eu só queria compartilhar minhas alegrias, minhas conquistas, minhas maluquisses, só isso.
Mas até hoje eu procuro alguém que seja capaz de chegar até mim e perguntar se estou bem, se preciso de um abraço de um conselho, ou de qualquer outro gesto humano. Eu sei que ainda pode vir a existir um dia inteiro de alegria, companhia e amor, pra quando chegar a calada da noite eu poder por fim, rir de tudo, poder relembrar momentos do meu dia sem ter que sacrificar uma lágrima se quer, lembrando de um dia chato, cheio de tentativas; porque eu simplesmente não aguento mais tentar.
Mas em apenas um segundo do meu dia eu percebí que é preciso se virar pra ser feliz, é preciso em primeiro lugar se subentender, porque no meu mundo ainda não existe aquela pessoa que chega sorrindo, que abraça, que seja marcante como o último capítulo de uma novela, o trecho de uma música ou o sentido de uma história.
E hoje eu sei que infelizmente pra ser feliz é preciso sofrer, porque só atravéz da dor os olhos enxergam o valor da vida, o sofrimento também faz pensar que ainda existe alguém em algum lugar do tempo, alguém que também tenta se encontrar ou até alguém que espera por mim pra ser feliz; e eu creio que esse alguém ainda vai chegar, aí será real.
Eu nunca quis e nem quero criar esperanças pra mim, na verdade eu sempre quis um tempo pra minha mente pensar, pro meu coração bater, e os meus sentimentos falarem: "De quem será o sorriso que vai me fazer sonhar? Que vai por fim passar uma noite comigo escrevendo uma história de verdade?"
Eu não sei! Mas só me resta sonhar, e dizem que pra ser feliz é preciso sonhar e eu digo que também é preciso sofrer, porque quem sonha, sofre.
Mas e se não chegar ninguém? E se tudo for só sonho? E se isso for só uma história insignificante?
Dane-se!
Eu nunca vou esquecer: "Tem que se virar pra ser feliz"!
E eu sim, vou me virar, vou sofrer, chorar, me perder, vou cair e talvez não levantar. Mas graças a Deus eu só preciso da minha alma, eu só preciso estar viva e já estou bem! E o resto?... Eu me viro! Tchau, vou ser feliz.

1 compartilhamento
Inserida por Mia5