Bruno Samiry: Cego que Vê... De olhos rasgados... Só...

Cego que Vê...

De olhos rasgados... Só vejo sicatrizes...
imagens que de olhos fechados
Sinto pelo coração... Imagens...
que mesmo sendo tiradas com sorriso...
Hoje escorrem gotas salgadas por cima dela...
Gotas que por ti não foram enchugadas...

Bastava fingir apenas???
Fingir... por um minuto... um segundo...
que não estava mentindo... que!!!
As juras, juradas foi se desjurando qdo o NÂO,
foi desvendado...
Qdo o SIM da verdadeira felicidade...
Foi se transformando na falça humildade...

1 compartilhamento
Inserida por Samiry