Anderson Dias: Cede de amar. O medo me consome,...

Cede de amar.

O medo me consome,
paralisa o meu corpo,
quero o amor como fome,
e cede de amar feito louco.

1 compartilhamento
Inserida por andysoul