Flávio Cardoso: Talvez o tempo tenha passado assim tão...

Talvez o tempo
tenha passado
assim tão rápido
que eu não percebi
o quanto de tempo perdi,
vendo aquilo que não me convém,
provando que não me condiz,
e achando que era feliz.
Queria poder acordar,
sinto que ainda estou
longe, fugindo
num pesadelo.
Talvez seja um desejo
do meu coração,
e quando eu acordar
se é que nada é real
ai eu serei aquilo
que na verdade sou,
um velho que sonha
com a imortalidade
preso no corpo
de um garotinho
que amargurado vive.

1 compartilhamento
Inserida por demolit