Jônatas Alberto: Tenho um coração de poeta. Coração...

Tenho um coração de poeta.
Coração que chora, dilacera, humilha, se apaixona, ama
Coração que luta, que treme, que teme
Coração que explode, se mata, se odeia e odeia...
Coração que vive a mercê de um algo maior
Sabe lá... é plenitude cósmica

1 compartilhamento
Inserida por JonatasAPS