Oreste Di Gregorio: Aos amigos Todo ano, nesta época,...

Aos amigos

Todo ano, nesta época, recebo votos de saúde, felicidade, prosperidade etc.etc.
E todo ano, tenho a tendência de retribuí-los da mesma maneira.

Desta vez vamos fazer diferente? Eu compartilho os MEUS votos e você se apropria dos que mais lhes agradar. Ok?

Esse ano não vamos querer saber de pessoas mais ou menos, porque pessoas mais ou menos nunca são mais, sempre são menos.
Vamos nos afastar das pessoas vazias que possuem armários cheios. Não queremos pessoas-vasilhame, queremos pessoas-conteúdo. Vasilhame vai, o conteúdo fica.
Vamos trocar uma barriga de tanquinho por um colo de endredom, daqueles que se aninha, sabe?
A beleza passa e o caráter fica.
Adeus pessoas interesseiras. Olá pessoas interessantes. Há vagas pra vocês.
Que os filhos não sejam aprendizes, mas professores.
Que eu seja um bom amigo, pois bons amigos têm amigos bons.
Que o sucesso não seja medido por dinheiro ou bens, mas pelos olhares sinceros de admiração.
Que os dias sejam de sol, mas que chova justamente na hora daquele filminho.
E a lua, ah... definitivamente, a lua apareça....
Bons papos também. Nada melhor para passar o tempo e esquecer as mazelas.
E nada melhor para a saúde que um grande amor, se você tem o seu, que ele aumente.
Se não têm ainda, que ele se revele, pois certamente está por aí.
Que deixemos de ser metade e passemos a ser inteiros.
Nada de relacionamento estável, pois essa coisa de estabilidade não combina com sentimentos.
É invenção, não existe!
O bom mesmo é se apaixonar por um dia, todos os dias.

E que daqui a 365 dias possamos renovar esses votos...

Feliz 2012!

1 compartilhamento
Inserida por Oreste