Flávio Cardoso: Amar'é Oscilando pelos mares e...

Amar'é Oscilando pelos mares e alastrando-se pelos céus, E então esmagando tudo que encontra com ondas revoltadas cheias de vontade de beber do mais doce sangue... Frase de Flávio Cardoso.

Amar'é

Oscilando pelos mares e alastrando-se pelos céus,
E então esmagando tudo que encontra com ondas revoltadas
cheias de vontade de beber do mais doce sangue
Ou talvez apenas mergulhar intensamente naquilo que é.

Rasgando as terras e mares.
Acompanhando as marés.
Quem sabe o quanto correr,
Escapar ou talvez não conseguir ver.

Mas, não há como escapar
Acompanhar ou rebater
Medos que desencorajam multidões
Pessoas gritando com medo da vida.

Como uma onda unicamente branca que leva ao delírio
E deixa com vontade de nem ao menos ter existido
Sede, é o que sinto.
Verdade, viver é desagradável quando não se tem aquilo que quer.
Mas, a dor é aquilo que prevalece.

E cresce, conforme se alimenta de ódio
e da própria angústia.
Da perda de algo que ainda nem tivemos
Ou do medo de não pertencer a lugar algum.

1 compartilhamento
Inserida por demolit