Hoje acordei cedo, e quando dei por mim... Ismael Azevedo

Hoje acordei cedo, e quando dei por mim já estava à rua, estava a fazer umas caminhadas matinais. Sobe, desse, ruelas, avenidas, e uma brisa passava, quando bat... Frase de Ismael Azevedo.

Hoje acordei cedo, e quando dei por mim já estava à rua, estava a fazer umas caminhadas matinais. Sobe, desse, ruelas, avenidas, e uma brisa passava, quando bateu uma brisa mais fria, uma saudosa brisa, e ‘flashes’ do passado corriam, fui atrás, quando os passei e via suas faces tomei um susto. O medo andava entre todos bem escondido, a angústia era a mais veloz, a tristeza era mais lenta e corria pouco por que demorava passar, o amor perdido era de uma frieza nórdica, vagamente cheguei a vir outras lembranças porem não menos importantes. Quando fui alcançado por amigos que me ampararam do susto e com um choque em ‘220v’, me acordaram daquilo que por hora se tornará pesadelo, suspirei duas vezes e percebi que andei por meu próprio coração.

1 compartilhamento
Inserida por MaelAzevedo