Amanda Liz: Eu queria te dizer tantas coisas, mas...

Eu queria te dizer tantas coisas, mas não temos mais tempo ou ainda temos não sei. Eu preciso te dizer. Sabe, essas coisas que não podem ser ditas, essas coisas que a gente tem medo de viver, porque são grande demais, porque a gente tem medo de viver. Está entendendo? de ir além, a fundo mesmo, nas pessoas, suas coisas, suas vidas pequenas ou grandes. Da pressa e da falta de tempo e da aprovação da familia e dos vizinhos e das distancias. Estou falando sobre essas coisas e eu sei que você esta me entendendo e que você sabe disso tudo também como eu. Os nossos encontros sempre foram meio as pressas, tão pela metade, mas tão completo. E eu aprendi tantas coisas, pequenas e tantas coisas em tão pouco tempo e acho que você também aprendeu, mudou. Estou tentando te dizer, espere. Eu queria dizer, bom você deveria ter plantas em seu apartamento. Eu não vi nenhuma plantinha! Só estou querendo dizer que eu reparava e reparo muito em tudo, só pra guardar comigo. Ah! como eu esperava quando a gente marcava qualquer coisa, de como eu perseguia o relógio e como eu ficava bem e ao mesmo tempo eufórica. E do imenso ciúme que eu tinha de você. E das coisinhas, da pizza, da polenta frita, do pileque, carreteiro, da panela do seu tio, você lembra! Eu lembro da panela pulando no porta malas do carro. Eu queria que você soubesse tantas coisas, que você cresceu tanto dentro de mim e que eu não percebi que isso tudo exigia um espaço imenso! Eu também não te dei muito espaço eu sei. E ainda assim, no meio de tantos tropeços, passos em falso, e nesse meu coração tão cheio de marcas e manchas e buracos você ocupa um buraco bem bonito, florido. Buenas vibraciones! te cuida, te cuida bem viu! mas eu ainda tenho tanta coisa pra dizer! Espere.

1 compartilhamento
Inserida por amandaliz