Amanda Drielly: (…) Andando pelo park, numa manhã...

(…) Andando pelo park, numa manhã qualquer. Ouvindo aquela andorinha cantando. Um som incomparável a qualquer outro. Fazia frio naquele dia. Mil coisas passando... Frase de Amanda Drielly.

(…) Andando pelo park, numa manhã qualquer. Ouvindo aquela andorinha cantando. Um som incomparável a qualquer outro. Fazia frio naquele dia. Mil coisas passando pela minha cabeça. Resolvi dar uma parada e sentar na beira lo lago. Talvez eu estivesse precisando daquilo. Pra me acalmar um pouco. Mas talvez eu não devesse estar ali. Pois eu sabia que ia chorar. Não sei se por tristeza. Se por pura vontade de chorar. Mas eu ia chorar de qualquer forma. Talvez eu precisasse mesmo chorar um pouco. E colocar pra fora toda aquela confusão que habitava na minha mente. Vi o movimento do outro lado do lago. Era uma manhã qualquer. Uma senhora que andava por lá com seu cachorrinho, acenou pra mim e deu um sorriso de bom dia. Eu também sorri, com os olhos cheios de lágrimas. Naquele momento eu sabia que era daquilo que precisava. Sair e pensar um pouco. Sorrir pra alguém, nem que seja por um só segundo. (…)

1 compartilhamento
Inserida por amandadrielly