Aline Mariz: 4 vezes amor Amor é vento: brisa...

4 vezes amor


Amor é vento:
brisa gostosa num dia de verão
e no inverno, tufão

É ímpeto planejado,
coração trancado
e escancarado,
tentativa falida
e por vezes esquecida

Bate suave,
rasga a pele de leve,
mete a mão no sentimento,
se enche
e nos enche
de incertezas, exclamações,
bate-bocas e travessões






Amor é figura de linguagem
das mais complicadas
Mente e desmente,
engana e desengana,
diz e não fala,
ama e desama:
amor é antítese,
paradoxo,
passado e presente,
tudo que nega e afirma,
tudo que se firma e desmonta,
todos os ventos do mundo de uma vez só

O amor me derruba feito furacão faz com casa,
árvore, prédio, coisa fixa qualquer
Rouba minha estabilidade
pra poder aparecer de novo no dia que quiser,
assim,
feito hoje.

1 compartilhamento
Inserida por alinemariz