Rodrigo Homer: Pequenas asas É como se eu fosse...

Pequenas asas É como se eu fosse convidado pra uma festa e desse o bolo em mim mesmo, me dei o convite, aceitei e não fui. Inventei desculpas e já não acredito ... Frase de Rodrigo Homer.

Pequenas asas

É como se eu fosse convidado pra uma festa
e desse o bolo em mim mesmo,
me dei o convite, aceitei e não fui.
Inventei desculpas e já não acredito nelas.
Escalei estantes,
caminhei por páginas e mais páginas,
E pulando entre os livros,
olhei pra trás e notei bandeiras saindo deles,
assustei com os dedos apontados saindo entre as folhas,
todos em minha direção,
como juízes de desenho agindo feito plantas carnívoras.
Só me resta fugir,
já que sou réu e nunca soube advogar em causa própria.
Escapo feito mosca, a luz da televisão me atrai mas não posso perder tempo.
Esqueço que não sei voar, caio e me levanto já correndo,
Um fugitivo acusado injustamente pelos mestres.
Logo eu meu Deus,
que não presto nem pra ser egoísta.

1 compartilhamento
Inserida por rodrigohomer