Larissa Rosolen: Cada dia que deixar para trás, serão...

Cada dia que deixar para trás, serão coisas novas que você passa a conhecer, a aprender.
Nem tudo, ou quase nada na sua vida é como você quer.
O amor exige sacrifícios.
Às vezes, a pessoa que você escolhe para estar ao seu lado, tem defeitos que o seu amor não tolera.
Em amor nem tudo é aceito. Como diria Vladimir Maiakovski, onde tudo é aceito desconfia-se que exista amor.
O silencio ensurdecedor desespera, mas também afasta.
Momentos do passado às vezes fazem falta no presente.
Quando você acerta, ninguém vê. Quando erra, todos criticam.
Nem sempre você vai poder correr atrás do prejuízo.
Ninguém nunca vai te entender, respeitar, te perdoar e nem nada melhor que você mesmo.
Trocar o certo pelo duvidoso, jamais.
Deixar palavras e explicações fajutas de alguém que causou algum mal, te fazer sentir mal e culpada, é fraqueza.
Não aceite aquilo que não concorda.
Momentos e ambientes causam influências, mas você é responsável por si mesmo.
O estresse de alguém pode tranquilamente acabar com sua paciência.
O que importa não é o fato, e sim a versão.
Vai aprender que às vezes vai necessitar mais só de você.
Um tempo sozinho é o que lhe faz falta, e coloca muita coisa no lugar.
Antes de qualquer coisa, vem o ar que você respira.
Vai perceber que se você não pode com o momento, deixa estar.
O tempo é resposta para tudo, portanto apenas deixe estar!

1 compartilhamento
Inserida por Larissarosolen