Anna St. John ou Kauana De Fátima: Por amor, deixei de amar. Por amor,...

Por amor, deixei de amar.
Por amor, deixei de chorar.
Por amor, eu larguei tudo.
Por amor, tranquei minha vida
Num calabouço escuro.
Onde só á noite,
Pudestes me enxergar.
Porquê o sol havia se tornado para mim
A arma mortal que eu havia forjado.
Minha vida se opusera na escuridão
Para nunca mais sair de lá.
E no meio de tantos homens,
Eu só conseguia enxergar você.
E eu estaria convencida de que
Enquanto eu estivesse com você,
Por mais que fosse na escuridão,
Eu seria iluminada.
Mas nunca veio á minha mente
Que um dia você partiria para sempre
Ao reino dos mortos,
Porquê apesar de vampiro,
Era tão mortal quanto eu.
Agora sem você
Choro pensando que maldição
É ser vampira.
E todo dia ao me acordar,
Eu sinto que já não sou mais a mesma.
Mas o que foi noite feliz
Junto de ti,
Se transformou em várias
Noites tristes sem ti.
Seria ótimo se eu já tivesse
Nascido deste jeito.
Mas o desejo de viver um romance
Com um vampiro,
Agora se transforma em tristeza
Ao olhar pela janela o pôr do sol
E lembrar do tempo em que eu era feliz
E não sabia...

1 compartilhamento
Inserida por kauana2408