Naeno Rocha: SILÊNCIO BREVE Eu nunca vou dizer que...

SILÊNCIO BREVE Eu nunca vou dizer que te amo Porque sei que o tempo urde Contra mim, que te conta Como dele. E eu sou um operário calado Uma abelha que não zumb... Frase de Naeno Rocha.

SILÊNCIO BREVE

Eu nunca vou dizer que te amo
Porque sei que o tempo urde
Contra mim, que te conta
Como dele.
E eu sou um operário calado
Uma abelha que não zumbe
Mergulhado todo na flor,
Darei-te o néctar que encontrar,
Isso eu te dou,
Porém minha palavra não ouvirás.
Não que a mantenha num calabouço.
Desnecessário é repetir o que é.
Tantas vezes disse,
E tanto sei,
Que me investi assim, calar,
Não mais dizer que te amo.

1 compartilhamento
Inserida por naenorocha