Naeno Rocha: A BOCA DA LOBA (09) O que a boca fala...

A BOCA DA LOBA (09) O que a boca fala Com a cumplicidade dos dentes Porteiras de saídas e de entradas, O coração se atemoriza. E rebate na palavra, esgrima. A b... Frase de Naeno Rocha.

A BOCA DA LOBA (09)
O que a boca fala
Com a cumplicidade dos dentes
Porteiras de saídas e de entradas,
O coração se atemoriza.
E rebate na palavra, esgrima.
A boca não tem a contensão
Do coração.
De ficar calada,
Quando sente o gosto bom
E ácido que leva o fermento dentro.
Bocas que eu beijei,
E as que só sonhei beijando,
Pintaram-me dentro e fora,
Na alma e na gola.
Com marcas de ferros,
Quando dobraram a minha vida.
Sonho com cada uma
E sofro por todas elas,
Sinto os sabores dessas bocas
Em minha língua provadora.
Ah, tua boca, a minha boca agora.
Puxo pela memória,
Mas eu nunca senti nenhuma
Doce como a tua,
Dos formatos da lua,
Quando está cheia,
Quando declina minguando,
E quando vai se levantando
Pros meus olhos escurecerem.
_______________
NAENO*comreservas

1 compartilhamento
Inserida por naenorocha