Agton Barbosa de Souza: Sonho privado Meus próprios erros,...

Sonho privado Meus próprios erros, Fazem a alusão de que me conheço, Desprendo-me entre seus dedos, E parto para um recomeço. Desejos, pecados precários, Maltra... Frase de Agton Barbosa de Souza.

Sonho privado


Meus próprios erros,
Fazem a alusão de que me conheço,
Desprendo-me entre seus dedos,
E parto para um recomeço.

Desejos, pecados precários,
Maltrato a lembrança do fato,
De minha quimera em pedaços,
Eu pseudo poeta do sonho privado.

Distorço palavras de tempos em tempos,
Presença plena de meu descontento,
Faço de cada um de meus segundos enfadados,
Uma pequena cicatriz com drama de um fado.

E por fim esta tudo como os quadros,
Um regalo enquadrado e moldurado,
Em um canto, em intervalos admirados,
Por quem sonha do outro lado.

1 compartilhamento
Inserida por guiton