Juliana: Você passou perto de mim sem que eu...

Você passou perto de mim sem que eu pudesse entender, levou os meus sentidos todos pra você.

Morando nos meus sonhos, e na minha memória.

E voe por todo mar, e volte aqui.

E se quiser saber pra onde eu vou, pra onde tenha Sol, é pra La que eu vou.

Se isso não é amor, o que mais pode ser?

Eu ando tão nervoso pra te escrever, os versos mais profundos, Eu roço no seu braço e passo sem mexer, Feliz por um segundo.

É sempre a mesma cena é so te ver no corredor, esqueço do meu texto eu fracasso como ator.

Eu gosto tanto de você, que até prefiro esconder.

Ele demonstrou tanto prazer de estar em minha companhia, que eu experimentei uma sensação que até em tão não conhecia de se querer bem, de se querer quem se tem. E ele me faz tão bem.

Meu amor me de um sinal

Te ver e não te querer, é improvável é impossível, te ter e ter que esquecer é insuportável é dor incrível.

Se vive me dizendo que o pecado mora ao lado, por favor não entra nessa pq um dia eu te explico direito.

Amor igual ao teu eu nunca mais terei, amor que eu nunca vi igual que eu nunca mais verei, Amor que não se pede, Amor que não de mede, que não se repete.

O meu erro foi crer que estar ao teu lado bastaria.

Fecha a porta do teu quarto, porque se toca o telefone pode ser alguém, com quem você quer falar por horas e horas e horas...

Nada mais é como antes, só saudade louca.

Se eu não posso ter, eu fico imaginando.

E ainda estou confuso, só que agora é diferente, estou tão tranqüilo, e tão contente.

To usando um perfume que você adora e a canção que você gosta ta tocando agora.

Cada acorde em seu lugar, lembra um sorriso, mas não quero lembrar, que a noite vem surgindo, trazendo seu olhar.

Abro a porta enfeito a casa, deixo a luz entrar e eu ainda te espero chegar.

2 compartilhamentos
Inserida por juhh.rs