Marcelo Bernardo: O valor de uma lágrima... Quanto vale...

O valor de uma lágrima...
Quanto vale uma lágrima? Será que vale o suficiente para você demonstrar que errou, ou que precisa de um perdão? De certa forma uma lágrima sempre demonstrará aquilo que você está passando, ou se for muito profunda, o que já passou.
Qual é a nossa reação ao ver um irmão, amigo ou um conhecido derramando-se em lágrimas? Angustia; desespero ou pena? Será que tentamos de certa forma ajudá-lo ou simplesmente dizemos: ”as lágrimas são tuas, o problema é teu.” Sabemos que existem pessoas que simplesmente choram e derramam suas lágrimas, mas em silêncio. O silêncio sempre nos dirá algo, mesmo não falando nada. No silêncio sempre ficaremos com as nossas lágrimas, e saberemos o motivo, a causa, e a circunstância delas. Se for de erro, estaremos com a vontade de recomeçarmos tudo de novo se possível for, se não, o mundo não vai pára para você as enxugar, e você precisa entender isso. Esse será o momento de pararmos e escutarmos a nós mesmo.
Qual foi o valor das lágrimas de Jesus? Qual foram seus sentimentos, e o que sentiu, quando na única passagem da bíblia nos diz que Ele chorou. O que pensava naquele momento? Será que Ele sentiu o mesmo quando perdemos um ente querido? Afinal de conta Jesus era um ser humano como nós somos.
Porque Jesus chorou? Uma boa pergunta a nos fazer. Para muitos Ele era DEUS, e que Deus é era esse que não se conteve na morte daquele que ele próprio iria ressuscitá-lo? O seu Amigo. O importante é que ele chorou; o motivo todos nós sabemos, pois em certas ocasiões passamos pelas mesmas situações que Ele já passou. Às vezes passamos por situações em que falamos para nós mesmo: “desta vez não vou conseguir suportar, foi lá no fundo”. Uma coisa é certa e temos que ter certeza, Deus jamais deixará nossas lágrimas caírem e não tomará providências necessárias para solucioná-las.
Assim foi com Ezequias, se ele não tivesse orado e derramado suas lágrimas como nos diz a bíblia, Deus não teria lhe aumentado os anos de vida, e ele teria morrido. Se Ana não tivesse chorado Deus não teria dado Seu amado filho Samuel.
As lágrimas sempre farão parte de nossa vida, sejam lágrimas de alegria ou de tristezas, angústia ou decepção; por ver um filho ao nascer ou o mesmo a morrer. Sempre nós homens seremos perseguidos por um terrível ditado popular “homem que é homem não chora”. Acho que na verdade os homens mais fortes são os que realmente choram, sem medo de dizer o que está passando, ou o que passou.
Os verdadeiros Homens são os que derramam suas lágrimas sem medo de dizer o motivo, não têm vergonha de chegar para você e dizer que errou; que “pisou na bola” e está precisando de ajuda. São homens que derramam suas lágrimas, mas que se comovem ao ver seu próximo derramá-las, e tenta de todas as formas enxugá-las. Os verdadeiros homens, são os que enxugam suas lágrimas sem perguntar o porquê que você as derrama, estarão primeiramente mais preocupados em enxugá-las, e depois o motivo pela qual você as derrama.

3 compartilhamentos
Inserida por Marsber2010