Pietro Kallef: O mundo hoje diz que sou triste e...

O mundo hoje diz que sou triste e amargo, mas nos primórdios de minha existência a situação era contrária. Quando criança sonhava em ser médico, para cuidar das pessoas e de amenizar as dores das mesmas, porém, cresci e percebi que não sou capaz de cuidar nem das minhas próprias feridas. Eu acreditava no amor, desejava me casar e de ter filhos, outro sonho frustrado pela desilusão, ocasionado por pessoas que nunca souberam o real significado de um amor livre de interesses e de mentiras. Eu sempre quis ajudar quem necessitava e me chamavam de demagogo e que meus conselhos e ideais eram idiotices. Quando eu demonstrava sinais de felicidade ou de realizações sutilmente fui julgado de egoísta. Assim, resolvi guardar meus sentimentos e minha personalidade em um baú que se encontra fechado para alguém que tenha a chave e encontre esse tesouro escondido da civilização que habita este mundo. Podem pensar o que quiserem de mim, pois, aprendi que tudo o que eu faça será assimilado com sinais negativos, porque, a maioria dos pedrejadores são incapazes de lançar algo além de tristezas e amarguras nesta superfície superficial.

1 compartilhamento
Inserida por PietroKallef