Ludmila Tavares Arruda: Ela não quer pensar, pensar em não...

Ela não quer pensar, pensar em não pensar
Sempre perto demais da distancia do rapaz
Ela não quer chorar, chorar só por chorar
Enquanto assiste o caminho que vai indo
embora pra não voltar

O Caminho que leva o que não volta
A volta que trás o que não há
Sem pedir entra, não bate em porta
e leva tudo, leva seu ar

E quem podia imaginar, que existia
dentro dela algo perdido no mar
Se foi pra longe mas ficou perto
o suficente pra machucar

E ele nem lembra ou finge não lembrar
e ela não esquece, nem ousa tentar
matar algo no seu coração, é suicídio
e não tá hora, moça linda. Não tá na hora.

1 compartilhamento
Inserida por srtamia