Dilene Resende: As guerras vêm da essência do não ser...

As guerras vêm da essência do não ser do homem,
acarretando perdas, mágoas e feridas, muitas vezes
quase irrecuperáveis, ficam como lembranças que
carregamos para a nossa vida e para as próximas.
Mas, como dizem, seria tudo para a evolução
da nossa estrutura psíquica e biológica humana
pois a vida na sociedade é apenas uma embalagem
que se muda, porem, não a nossa alma que é única.
Tristeza, dor, todos esses sentimentos são para em
algum ponto da vida nos ensinar, que não devemos
repetir os mesmos erros.

Dilene Rezende

beijinhos

Postado em 18/08/2010

1 compartilhamento
Inserida por luizcondetorres