Gustavo Tavares: São vozes do além Que ouço seu nome...

São vozes do além Que ouço seu nome Naquela cinza e branca colina Onde as meninas se mataram enforcadas Suas matas tão fechadas Hoje ninguém mais ousa entrar lá... Frase de Gustavo Tavares.

São vozes do além
Que ouço seu nome
Naquela cinza e branca colina
Onde as meninas se mataram enforcadas
Suas matas tão fechadas
Hoje ninguém mais ousa entrar lá
Mais como fumaça
Um certo cavalo negro
Atravessou e me mandou uma carta
Uma carta que dizia:
"-Suas meninas estão bem.."
Mais como nem toda noite é eterna
Me matei, antes que seus olhos
Pudessem ver e sentir
Meu ultimo suspiro foi:
"-Nunca te esqueci..."

1 compartilhamento
Inserida por Takamuio