Sintia Lira: VIVA O AMOR NÃO CORRESPONDIDO Querida...

VIVA O AMOR NÃO CORRESPONDIDO

Querida Deinha,

Quer ver uma verdade? Se você ama um cara que não te ama, qualquer livro de auto-ajuda que se preze e até suas melhores amigas te aconselharão a largar o amor de lado, ou até te convencerão de que não era amor de verdade. Mas por quê? Por que o amor precisa ser uma via de mão dupla? Amor é mercadoria de troca, só vai se vier de volta? Então é assim? Isso é o que eu chamo de era do capitalismo sentimental.

O senso comum diz que sofrer por amor não correspondido é baixa auto-estima, mas pra mim é o cúmulo do amor próprio. Quem ama e não é amado sofre porque pagou adiantado e quer receber a qualquer custo, pra isso chora, grita e dá chilique como se o universo ou Deus fosse ter pena desse credor.

Minha cara amiga, não se engane: Amar pela beleza ou pelo prazer que o outro te proporciona não é menos grave que amar pelo dinheiro. Tudo é interesse, é troca, é puro capital enrustido. O amor, não sabe pontuar. Não gera dividas, não tem motivo, não é trocado nem doado é dado a quem a ele pertence. O resto é especulação.

Não deixe de amar esse canalha, viva o amor não correspondido. Por via das dúvidas: Seja feliz tendo uma relação-de-troca com um alguém qualquer, seu ego precisará desse afago.

Um beijo,
Meire

2 compartilhamentos
Inserida por Sinty