Paulo DAuria: No sono não consigo ferrar Sem teu...

No sono não consigo ferrar Sem teu umbigo Pra me enrodilhar, Sem tuas omoplatas Camas de armar, Sem tuas coxas Colchas de algobom. Vazio o teu lado da cama, Vaz... Frase de Paulo DAuria.

No sono não consigo ferrar
Sem teu umbigo
Pra me enrodilhar,
Sem tuas omoplatas
Camas de armar,
Sem tuas coxas
Colchas de algobom.

Vazio o teu lado da cama,
Vazio o teu ar pra respirar.

II
Desatando-nos nós.
Nós de marinheiro,
Nós de carpinteiro,
Nós de pescador.

Descobrindo-nos mais soltos
Mais leves,
Mais livres.
Nós de Adão e Eva.

1 compartilhamento
Inserida por lucijordan