Bebeto (Eberton Guedes do Carmo): Devaneio Quando acreditava que a vida...

Devaneio Quando acreditava que a vida era um sonho pra não viver e não sonhar, não me importava como tudo podia acabar, como acabou. Quem eu amei, quem me amou.... Frase de Bebeto (Eberton Guedes do Carmo).

Devaneio

Quando acreditava que a vida era um sonho pra não viver e
não sonhar, não me importava como tudo podia acabar, como
acabou. Quem eu amei, quem me amou.
Por isso não preciso de mais um motivo pra acredi-
tar que nem tudo é relativo, de onde vim pra onde vou

1 compartilhamento
Inserida por Bebeto87