Luiz Diógenes Cabral: ⁠Saudade.... Saudade das viagens sem...

⁠Saudade....
Saudade das viagens sem fim...
Do aprender diuturno....
Das amizades sinceras...
Saudade de se aglomerar, brincar e andar.
Saudade de um objetivo t... Frase de Luiz Diógenes Cabral.

⁠Saudade....
Saudade das viagens sem fim...
Do aprender diuturno....
Das amizades sinceras...
Saudade de se aglomerar, brincar e andar.
Saudade de um objetivo ter, de lutar, pra vencer.
Saudade de pela escada subir, do frio noturno sentir, e do sino tocar pra partir.
Saudade dos solavancos da volta, do sono pesado e cansado.
Saudades dos intervalos, das conversas bobas e casuais.
Saudade dos forrós de São João....
Saudade da biblioteca, do EPJ e dos grupos de extensão.
Até saudade sinto, da multa pagar, pelo livro atrasar.
Saudade dos mestres, que amigos se tornaram.
Dos conselhos... perguntas...e respostas.
Mas no fim, a saudade se mistura com orgulho, de momentos ter vivido, pessoas convivido e conhecimento precioso adquirido.

Inserida por luiz_diogenes