Erika Adrienne da Silva Santos: Hoje a minha homenagem vai a todas as...

Hoje a minha homenagem vai a todas as mulheres, especialmente às:
Que batalham pelo seu lugar no mundo;
Que vencem pela sua garra...
Que tem coragem;
Que suportam as mais terríveis dores e ainda são capazes de sorrir, de acolher, de acalentar;
Que têm forças para encarar os desafios múltiplos que a vida oferece, ser mãe, mulher, trabalhadora e tantos outros papéis.
Àquelas cuja dedicação é incomparável, oferecendo os cuidados a um amigo ou familiar adoecido...
Àquelas trabalhadoras que suportam muitos sacrifícios, humilhações, assédios, ao longo do dia, simplesmente pela condição de ser mulher, de sua cor; mas que persistem e percebem que a fraqueza não é sua, mas daqueles que as agridem.
Parabéns, mulheres: duronas, céticas, "mal compreendidas", "mal amadas", oprimidas, que "silenciam"... que se reconheçam como vencedoras, neste mundo tão injusto e que percebam o seu poder de transformar, através dos seus...

Que possam ressignificar o sentido da sua dignidade, que vai muito além do reconhecimento do outro, mas de si mesma.
A todas nós:
Tenhamos coragem.
Tenhamos voz.
Tenhamos vez.

Inserida por Kaenne2