Ministério pãodiário: Abandonado a Deus Eu clamei a Deus com a...

Abandonado a Deus

Eu clamei a Deus com a minha voz. . . e deu ouvidos a mim. - Salmo 77: 1

Walter Cizsek, um cristão na antiga União Soviética, foi preso e torturado por sua fé em Cristo. Ele foi forçado a fazer uma escolha alucinante: cooperação ou execução. Cooperar com mentirosos e assassinos? Nunca! Mas uma morte agonizante? Como ele poderia suportar isso?

À beira de perder sua fé em Deus, Walter começou a rezar desesperadamente. Eventualmente, ele foi capaz de abandonar-se completamente à vontade do pai. Ele escreve que a vontade de Deus não estava "lá fora", mas "nas situações em que me encontrei. O que Ele queria era que eu aceitasse essas situações de suas mãos, que me soltasse as rédeas e me colocasse inteiramente à sua disposição. Empoderado pela graça, Walter foi capaz de fazer exatamente isso.

Você já se sentiu abandonado por Deus? Você já se sentiu como o salmista que clamou em desespero: “Deus esqueceu de ser gracioso? Tem em ira calado as suas misericórdias? ”(Sl. 77: 9). A aflição do salmista foi aliviada quando ele se lembrou e meditou nas maravilhosas obras do Senhor e percebeu que Ele está totalmente no controle (vv.10-20).

À medida que "soltamos as rédeas" e nos colocamos inteiramente à disposição de Deus, nossos sentimentos de abandono por Ele desaparecerão.

Quando estamos abandonados à vontade de Deus,
não precisamos duvidar ou temer;
Nós saberemos que Ele está no controle,
Que Ele está sempre próximo. —Sesper

Ninguém que é abandonado a Deus se sentirá abandonado por Deus. Vernon Grounds

Inserida por 2019paodiario