Braytner Macedo: De repente, me vi cercado de areia...

De repente, me vi cercado de areia escaldante, Deus e eu. - Um passo firme de cada vez não é melhor que dar pulinhos em falso? Ele falou com a doçura de quem of... Frase de Braytner Macedo.

De repente, me vi cercado de areia escaldante, Deus e eu.
- Um passo firme de cada vez não é melhor que dar pulinhos em falso?
Ele falou com a doçura de quem oferece sabedoria em forma de pergunta.
Doei meus pés ao calor da areia, sem pulinhos, sem negociar com a dor.
Doeu e lá estávamos; a areia, Deus e eu.
- Passou! Ele me diz; com um sorriso entre os cantos da boca, típico do Onipotente.
A lembrança da areia causticante em meus pés é como cicatriz, não dói, é apenas um indício de uma experiência vivida.
Agora ando sempre a pés descalços; Deus e eu, oásis sem fim.

Inserida por Braytner