Ministério pãodiário: O bom senso do gafanhoto Vamos nos...

O bom senso do gafanhoto

Vamos nos considerar uns aos outros para despertar amor e boas obras. - Hebreus 10:24

Um gafanhoto parece insignificante quando salta pelo gramado. Mas quando se une a outros gafanhotos, o enxame resultante pode devorar toda a vegetação em seu caminho.

Gafanhotos demonstram o poder da comunidade. O que eles não podem fazer sozinhos, eles podem realizar juntos. No livro de Provérbios, o sábio Agur observou: “Os gafanhotos não têm rei, mas todos avançam em fileiras” (30:27).

Podemos aprender uma lição com essas pequenas criaturas. Os crentes podem fazer avanços muito maiores para a causa de Cristo quando eles agem e rezam juntos do que poderiam fazer sozinhos. Quando os cristãos estão unidos em servir ao Senhor, eles podem se tornar uma poderosa força para Deus.

Embora o Novo Testamento nos inste a possuir uma fé pessoal em Jesus Cristo, nada diz sobre uma fé privada. Precisamos de outros crentes e outros crentes precisam de nós.

Vamos aproveitar a força e comunhão disponíveis no corpo unificado de Cristo. Uma igreja eficaz refletirá “o bom senso do gafanhoto” por seu amor e unidade no Espírito Santo.

Todos nós dependemos da força
que atraímos uns dos outros,
pois somos um em fé e amor
com cada irmão cristão. —Sesper

Dois cristãos são melhores que um - quando são um. Haddon W. Robinson

Inserida por 2019paodiario