Desconhecido: "EU E O PERDÃO"...já culpei...

"EU E O PERDÃO"

...já culpei tanta gente e todo o mundo por meus desatinos, mas, diante das "bordoadas", aprendi que sou o único culpado de meus erros. Se acertei não fui condecorado e quando errei fui julgado e condenado. Deve ser o paradoxo do humano agir assim. Se acerta ninguém aplaude, mas se erra até rojão soltam fazendo festa. Então, de tantas "mazelas" vividas, à custa de decepções e frustrações, aprendi a me "perdoar pelo que não deu certo em minha vida". Sou o único culpado por não dar certo o muito que pensei e desejei. Eu me perdoo porque a vida ensina que sou eu a causa dos males que me afligem. São eles, os erros, que fazem eu entender o quanto preciso melhorar. E, me perdoando, consigo e posso liberar perdão que, tantas vezes, esperei das pessoas. Hoje vivo o melhor de mim, pois descobri que, perdoando, posso olhar acima do horizonte e ver o quanto a vida é maravilhosa. Assim, deixo essa reflexão, e reitero que perdoar é a virtude dos valentes que tem um coração alegre que aformoseia o rosto... Viva a vida " perdoando " para " se perdoar "

Inserida por PaulaFreitas