Emilly Raquel P Fernandes: DÁDIVA É essa tal de "vida"...

DÁDIVA

É essa tal de "vida" que alguns chamam de "presente", mas como chamar de presente algo que eu chego e já tenho um tempo estabelecido por alguém ou por ela mesmo "a vida" de retornar ao meu estado inicial "as cinzas". Talvez chama-se presente pelo fato inexperado de você ganhar de graça. Me desculpe essa incógnita, mas e se eu não quisesse estar aqui, se não quisesse nascer, retornar, reencarnar a esta vida, não temos o direito de escolha, mas afirmam que temos esse tal de "livre arbitrio", eu o procuro mas não acho em lugar algum. Eu não escolhi estar aqui, mas estou, então eis a questão: aproveitar ou lamentar. Aproveitar minha existência e cada dádiva que a vida tem a me oferecer sabendo sabendo enxergar a positividade até nas catástrofes ou lamentar minha insignificância terrena em não me enquadrar nos quadros da sociedade que julga e oprime o ser por ter suas diferenças. Oh amigo, calma aí, é como aquela frase clichê, se até nas flores encontramos a diferença irmão umas efeitam a vida, outras enfeitam a morte. A vida se enxerga de dentro pra fora, são dias ensolarados pintados em preto e branco e dias chuvosos refletindo o arco-íris no céu. Aproveite ou lamente, a escolha é sua.

1 compartilhamento
Inserida por RaquelFernandes1