Genelucia Dalpiaz: A FALTA DE AMOR Hoje descobri que muito...

A FALTA DE AMOR
Hoje descobri que muito se aprende da vida vivendo.
Muito embora isso seja claro e notório para todo mundo.
Para mim que sou sonhadora e acredito nas pessoas e num mundo melhor.
Tem coisas que só aprendo quando as vivo, no cerne e no âmago da alma.
Aprendi hoje que se deve viver com alguém somente se esta pessoa nos amar muito,.
Mas com um amor profundo e sincero que seja capaz de tudo para nos ver felizes.
E também se formos capazes da amar esta pessoa na mesma intensidade.
Sentimentos puros e simples que crescem e tomam conta da alma
se apoderam do coração, do corpo e tranparecem no olhar
Sentimentos intensos, inexplicáveis, malucos e extraordinários
Que completam o sentido para estarmos nesse mundo
Se o sentimento que nos unir a alguém for somente:
carinho, respeito,companhia,gostar de estar junto,amizade.
Acredite não vale a pena; Dividir uma vida é muito mais.
Então ficamos sozinhos:
A solidão pelo menos não nos magoará no futuro,
a solidão não nos abandonará,
a solidão permanecerá conosco quando formos velhos, doentes, menos atraentes, menos sorridentes.
Estará conosco quando estivermos felizes e tristes, decepcionados ou cheios de esperança.
Tenha um relacionamento com alguém somente e somente se:
For uma grande paixão que depois será um grande amor,
Se esta pessoa te fizer respirar acelerado,
Se a falta te fizer sentir que nada tem mais sentido,
Se os lugares onde vais tem um vazio que você não sabe o que é,
Se o teu dia fica melhor quando sabes que a pessoas esta La, te esperando,
Se um sorriso, um abraço, um beijo, um carinho valem mais que qualquer coisa.
Então se for assim segure esta pessoa para sempre do teu lado,
Te apoiará mesmo quando estiver errado,
Mas nunca deixará de te mostrar os erros e faze-lo melhor
Estará com voce para chorar, para rir e parar planar da montanha
Também te dirá um: NÃO podes agir assim, quando voce precisar
Longe ou perto sempre sentirás sua presença como uma luz
E terás a certeza que o dia que não fores mais “a alegria da festa” ainda a terás do teu lado.
Nunca serás um velho ou velha abandonado (a). Encontras-te o unico tesouro: o AMOR
Genelucia

1 compartilhamento
Inserida por Genelucia