Taiana Coelho: É o verso que invade A madrugada insone...

É o verso que invade A madrugada insone É o amor que me traz saudade O poema que grita teu nome! É a tristeza que canta É a dor que se cala É a porta que bate E... Frase de Taiana Coelho.

É o verso que invade
A madrugada insone
É o amor que me traz saudade
O poema que grita teu nome!
É a tristeza que canta
É a dor que se cala
É a porta que bate
E o coração que dispara!
Assim é a madrugada fria
Dia a após dia
O amor se desfaz
E os dias se vão
Mas meu coração
Não olha pra trás!

1 compartilhamento
Inserida por taiana_coelho