Aldo Moraes: Poema de Natal Que o amor seja completo...

Poema de Natal
Que o amor seja completo

Que a bondade seja infinita

Que os encontros sejam mais belos

E que os corações se confraternizem...

Que haja mais solidariedade

Que haja mais ternuras

Que vibrem os violões

E que as mães possam chorar só de alegria...

Que as vozes transcendam línguas

Que os livros transformem vidas

E que venham abraços insuperáveis...

Que o Natal seja o ano inteiro

E que o mistério do amanhecer

Seja a alegria do que virá

É quando o homem confia na profecia

Sabendo o que pode esperar...

1 compartilhamento
Inserida por Aldomoraes