Gueu Floyd: O veneno efêmero que exala da tua...

O veneno efêmero que exala da tua língua de serpente, como o sol que arde em seu fulgor não brotando a semente, marcas deixou em meu coração,
E o que ficou foi saudade ao fim do verão.

1 compartilhamento
Inserida por GueuFloyd