Poeira: As vezes me sinto como um trem com...

As vezes me sinto como um trem com dezenas de vagões vazio, caminhando sempre em linha reta sem destino algum, ou como uma folha em branco que nao dá para escrever, ou como um copo vazio sem fundo.
Mas se eu for parar pra pensar, sou apenas uma massa formada por átomos neste universo criado sem propósito, sem destino. Apenas por acaso.
Fico procurando a razão da minha existência nos sentimentos. Mas quando vc apela para os sentimentos, vc tem que dar algo em troca.. Como por exemplo, o amor.. Pra você amar, tem que estar sujeito à sofrer. E sofrer faz parte de outro sentimento.. A tristeza.
Não, talvez eu nao queira isso pra mim.. Acho melhor não ser depedente disso parar viver. Acho que o único jeito mesmo é me conformar. Afinal, a vida é assim.. Você nasce, cresce, se reproduz e no fim morre e com um tempo, ninguém mais saberá que vc viveu aqui na terra e toda a sua realidade junto com todas as coisas que existiam somente na sua mente, morrerá junto com você.
Qual o propósito da vida? Não sei.. Talvez não tenha propósito algum, ou talvez críamos a nossa própria razão para viver. Não sei vocês, mas eu ainda não achei a razao da minha.

36 compartilhamentos
Inserida por Poeira