Sidnei Chierentin: TRIBUTO DE FILHO Meu grande amigo, meu...

TRIBUTO DE FILHO
Meu grande amigo, meu querido PAI.
hoje, nesse dia magnífico dedicado à você,
eu queria mesmo de todo coração
que tivéssemos um diálogo
assim, frente a frente, de homem para homem
ou mesmo sendo o Senhor o Super-Herói,
que apesar da minha idade
eu ainda vejo em você.
Você sempre fez questão de ser homem honesto
e cumpridor de seus deveres,
talvez seja um dos motivos
de eu ti considerar o melhor Pai do mundo
e procurar seguir os teus passos
na escuridão dos dias de hoje.
O próprio tempo me fez parar por uns instantes,
e pensar em tudo o que você fez de bom ou ruim
pode até parecer adulação de filho
mas sei que pesando tudo
na balança da tua existência,
as coisas boas que você fez
superaram enormemente as tuas poucas falhas
nesta difícil, mas digna -“Missão de ser PAI”-
e eu o agradeço por isso.
Você soube ser PAI
e procurou ensinar-me da tua melhor maneira
a ser filho, e tornar-me num pouco
do Pai que você foi.
Sinto um grande pesar,
quando quero falar do meu amor por você
e meu pensamento voa em tua procura.
Eu corro os olhos pelos cantos vazios do meu quarto
buscando a tua presença em vão.
Você está mudo!...
Teus olhos já não podem mais me ver!...
Mas quem sabe que do lugar aonde você se encontre agora
DEUS o deixará ouvir este meu agradecimento em forma de oração.
E hoje neste teu dia,
ao ver a alegria de pais e filhos em abraços de emoção
eu aqui no meu canto
Triste; calado; cabisbaixo,
abraço a tua lembrança.
PAI!
Você prá mim nunca morreu, nem nunca morrerá,
pois continua sempre vivo,
aqui bem dentro do meu peito
eternamente,
abraçado ao meu coração.

1 compartilhamento
Inserida por poeta1958