Matheus Dimitru Scutasu: Me sinto um coringa, com várias...

Me sinto um coringa, com várias combinações e sem naipe nenhum. Usado em momentos oportunos e sorte de quem tê-lo nas mãos. Insistem em me apresentar para pessoas que não me atraem ou que me despertam pouco interesse. Odeio coisas combinadas, certezas sobre o que me espera, prefiro as dúvidas e o medo do que me aguarda. Não sou de criar muitas expectativas em relação ao ser humano, já me decepcionei demais e calejado aprendi a me desapegar com a mesma rapidez que me apego, se é bom eu não sei mais tem dado certo. Gosto do sol pela manhã, de dias com sol de brigadeiro, aprecio o vento e todas as formas de nos conectarmos a natureza, sou simples. Não me apresentem a pessoas que vão contra meus ideais, que não partilhe dos mesmos princípios, eu adoro discutir, debater e rebater, mas essas pessoas não costumam dar muito certo com meu gene, se eu estiver errado eu assumo, peço desculpas e digo que tem razão, só não é tão fácil me convencer. Não me apresentem a pessoas que se atraíram pelo meu físico, pelo meu exterior, essas pessoas costumam ser ocas e rasas, é isso e tudo que eu desprezo em alguém. Diga que se apaixonou pelo meu jeito de andar, pelo meu sorriso torto, pela minha piscadinha com os dois olhos, pelo meu sotaque indecifrável, pela forma que combino minhas roupas, pela minha sensatez e loucura. Diga que me amou pela forma que eu converso, pela forma que eu te apresento e vejo o mundo, pela minha educação e falta de conduta entre outras mil. Me decifre enquanto eu falo, me entenda ou finja que está admirada enquanto eu me perco e me embolo nos assuntos, quando eu exagerar me interrompa com um beijo e provável que eu continue falando, então ria disso também. Diga tudo que sabe sobre mim. Me surpreenda sendo você, me mostre sem pudor a sua pior versão. Finja não me ver te olhar enquanto você admira uma criança pelas ruas. Pegue na minha mão e entrelace o seu braço no meu enquanto caminhamos em direção ao carro. Diga o quanto está contente e o quão especial e raros são esses momentos, que o tempo está voando e que quando está comigo você sente que pode voar também, eu olharei nos seus olhos e concordarei, com expressão de admiração a cada palavra dita, mas nada daquilo me surpreendeu, porque no fundo eu estou pensando o mesmo, mas faz bem ouvir isso de você. Quanto aonde vamos ir preocupe, ao que vamos comer não se importe, sou desses que se contenta com pouco, é sério não precisa se incomodar e se vai fazer algo para a gente, eu quero ter o prazer de te ajudar. Admire a bagunça que eu faço, em como sou desorganizado, em como eu sou desastrado. Me abrace quando eu não estiver esperando, me constranja repentinamente, mas não se assuste com minha reação. Eu não sei lidar muito bem com essas situações, posso ficar mudo ou transparecer que não dei a mínima, mas na verdade estou explodindo por dentro, mas sou péssimo para demostrar emoções e no que diz sentimentos consigo me atrapalhar ainda mais. Tenho um milhão de defeitos, mas acredito que as qualidades superem. Existem piores, não que isso te sirva como consolo, mas nem errado eu costumo ser tão ruim igual alguns por aí. Tenha paciência, costumo ser um pouco estourado as vezes e reajo mal quando ameaçado ou ofendido. Tenho hábitos ruins, na verdade são qualidades que precisam ser lapidadas e que as pessoas de hoje não sabem apreciar, degustar, digerir devagar, querem te engolir e te cuspir em seguida, e eu não sei assim. Eu sou amigo de mais, conversado de mais, louco de mais, ‘’bonzinho’’ de mais, raramente de menos, sou intenso de mais. Por isso, me fodo de mais.

1 compartilhamento
Inserida por Scutasu