Paulo Isidoro: Já altas horas da noite, após o ultimo...

Já altas horas da noite, após o ultimo programa que estava interessante na TV, fui até o quarto de Felipe...meu filho. Ele não estava lá. No meu quarto a beira do desespero estava Rosana...minha esposa, meu casamento estava enfrentando uma terrível crise devido aos últimos acontecimentos. Olho no relógio, já são quase 02:00hs da manha...meu coração parece querer sair pela boca. Nessa hora passa um filme na minha mente... Sempre procurei fazer o melhor ao meu filho, as melhores roupas, os melhores brinquedos, as melhores escolas...e então como agradecimento ele sai sem rumo, sem nem ao menos lembrar que tem um pai, uma mãe... Nessa hora Rosana levanta, vem até mim e novamente me culpa. A essa altura, eu mesmo já estava me culpando, se eu não tivesse dado tantas mordomias a ele...mas eu não dei as drogas...foram os próprios amigos dele...nem isso já me consola mais. O relógio parece mesmo não ser meu amigo, o ponteiro aponta pra 05:00hs... Meu Deus cadê meu filho ? Onde foi que eu errei ? Eu achava ser um pai moderno, dei a ele o primeiro carro, banquei todos os seus estudos,viagens, uma generosa mesada...o que pode estar faltando ? Rosana mais uma vez me agride, então eu saio de casa, já não suporto mais aquela situação. Meu casamento estava destruído por causa dos problemas do meu filho... Desço pela escada, são apenas 12 lances...já na garagem pego meu carro e saio a procurar Felipe. Eu só sabia pensar no meu filho, ando por várias ruas da cidade, em vários bairros, meu celular toca...é Rosana me pedindo desculpas no fundo eu consigo entende-la...ela é mãe... O sol desponta e derrepente pego transito, já se passam das 07:00hs, é um acidente...muita gente em volta, passo, consigo sair do congestionamento quando escuto: __SEU LUIS... __SEU LUIS...olho e vejo Mirella, uma amiga de Felipe. Encosto o carro e Mirella vem em prantos até mim dizendo que meu filho estava ali naquele acidente...meu coração dispara, saio correndo ao seu encontro e vejo ele todo ensangüentado, nesse momento já não respondo por mim, fico dividido em meio a choro e desespero...ACORDA FELIPE! LEVANTA, VAMOS PRA CASA...mas os homens do resgate me tiram de cima de Felipe e o carregam para a ambulância, em meio a teimosia eu subo com ele. A ambulância parte em alta velocidade. Mirella pega meu carro e busca Rosana que chega gritando no hospital me acusando, dizendo que a culpa de tudo aquilo era minha...Mirella a contém e ela desmaia. Os enfermeiros por já passarem por esse tipo de situação, socorrem-a e pede pra que tenhamos calma e que logo o médico iria falar com a gente. Olho novamente ao relógio...09:23, os enfermeiros passam correndo no corredor, e logo vem a noticia...Felipe acabara de entrar em óbito. Mais uma vez Rosana desmaia... Eu acabava de perder meu filho, meu único filho para as drogas...eu ali era o único que parecia ter mais serenidade naquele momento, Mirella também estava aos prantos... 7 dias depois... Rosana foi pra casa dos pais e continuava a me culpar pelo ocorrido, eu estava num processo de depressão, já não sabia se teria mais algum sentido continuar vivendo, mas o que mais me incomodava era saber que Felipe tinha tudo...o porque ele entrou nas drogas...eu não me perdoava...

Essa estória não aconteceu, qualquer semelhança com algum fato, é mera coincidência. Eu criei esses personagens, mas eles existem. Quantos filhos não há vivendo situações parecidas...quantas mães, quantos pais... Esse pai, essa mãe, deu tudo a esse filho, mas seria isso o suficiente...e o amor, a compreensão... Nos tornamos escravos de um mundo moderno demais, qual foi a ultima vez que você disse amar seu filho, qual foi a ultima vez que você elogiou pelo seu desenpenho na escola, no trabalho, na igreja... Qual foi a ultima vez que você sentou com seu filho e disse a ele sobre a importância de Deus, do sacrifício de Jesus... Vamos vivenciar o amor em nossa família, mas se ele errar, compreenda-o e tente ajuda-lo, mostre a ele o seu amor e assim não iremos mais ter pais e mãe desesperados... Que Deus nos abençoe!!!

1 compartilhamento
Inserida por HistoriadorZica