Siger Lagel: Os dois lados do amor Foi tão gostoso...

Os dois lados do amor

Foi tão gostoso gostar de você,
Não me lembrava como era o amor.

Foi tão intenso e verdadeiro,
Achei que seria para sempre.
Você lembrou-me como é ser feliz,
Que posso amar e ser amado,
Mostrou-me que estou vivo,
E a vida sorriu para mim.

Com você minha vida deu uma volta,
Fiquei de ponta cabeça,
Vi o mundo com olhos de criança,
Tudo ficou mais simples e bonito.
Apaixonei-me por inteiro,
Acreditei no meu coração,
Amei demais até perder a razão,
Vivi momentos inesquecíveis.

De repende tudo mudou,
Sua presença deu lugar à saudade,
A felicidade deu lugar à esperança,
A alegria deu lugar à tristeza.

Fecho os olhos e sinto você,
Sua pele quente,
Seu cheiro de fêmea ardente,
Ouço seu coração pulsando forte,
Sinto seu corpo colado no meu,
Sua respiração ofegante, seu beijo,
Seus lábios tocando os meus,
E meu coração quase explode de dor.

São só lembranças,
Tudo aquilo que parecia infinito,
Não sei como, e nem quando,
Mas parece que acabou,
Deixando um vazio sem fim,
Um sensação de abandono,
Uma dor que me consome aos poucos.

É o outro lado do amor,
Que um dia levou-me às nuvens,
No outro, ao fundo do poço,
E mostrou-me que, assim como faz sorrir,
Também faz chorar e sofrer.

É tão triste ter que te esquecer,
Não me lembrava como era essa dor.

1 compartilhamento
Inserida por sigerlagel