Avandelson Ferreira da Silva: Platonicismo Tinha desnudado a minha...

Platonicismo Tinha desnudado a minha alma Mas as minhas roupas ainda estava em mim. A minha energia vital foi se esvaindo. Sentir-me vazio. E preso àquelas velh... Frase de Avandelson Ferreira da Silva.

Platonicismo

Tinha desnudado a minha alma
Mas as minhas roupas ainda estava em mim.
A minha energia vital foi se esvaindo.
Sentir-me vazio.
E preso àquelas velhas vestimentas.
O meu ser aspirava angustiado a liberdade.
Em cárcere privado.
Estagnado em meu corpo.
Encontro-me.
Queria fugir, sumir, voar...
Porém não conseguia.
Até que um dia a minha alma desprendeu-se de mim.
Os panos velhos que me cobriam se esfarelou com a tempestade chamada tempo.
A energia vital que ficava entre a minha alma e meu corpo se transubstanciou.
Virou uma estrela cadente e se desfez no universo.
Só me restou um dilema:
Que eu sou?
E durante um tempo tudo isso enfim se concretizou...
Pois acordei de um sonho louco, onde o meu eu desfazia-se para simplesmente ser.


23/02/2016

1 compartilhamento
Inserida por AVANDELSON