Irma Jardim: Cala-te, silencia tuas palavras em teus...

Cala-te, silencia tuas
palavras em teus pensamentos.
Acaricia-me sem tocar-me.
Apenas solte tua imaginação
sobre minha pele
Sinto todos teus sentidos
percorrerem em cada ponto;
onde o frenesi enaltece
minhas vontades.
Tento contrariar meu corpo diante
de teus desejos, reluto em vão.
Sinto tua respiração a cada
declaração sussurrada em
meus ouvidos.
Meu corpo queima.
Meu coração dispara.
E no ápice da vontade, estremeço
diante da volúpia imaginativa que
emanas sobre mim.
Solta e liberta teus segredos,
quero ser tua realização.
Amando-te e dominando-te dentro
do ilimitado que pulsa em mim.
Quero ser quem desejas que eu
seja, e que tu sejas meu de corpo
e alma na infinita imaginação.

1 compartilhamento
Inserida por IrmaJardim