Renato: Chove lá fora. Chove lá fora agora E...

Chove lá fora.

Chove lá fora agora
E os pingos da chuva,
Deslizando sem rumo pela vidraça,
Formam belas figuras, imagens singelas
Trazendo eternas lembranças de ti.

Chove lá fora agora,
E os pingos da chuva tal lágrimas frias
Escorrem em meu rosto,
Com o sabor do desgosto
De saber que dia, sem querer te perdi.

E como te encontrar agora não sei.
Percorri mil caminhos, não te encontrei.
E os caminhos tortuosos por onde passei
Nem se quer me levaram a lugar algum
Mas ainda assim chove La fora.

Renato
09/12/2015

1 compartilhamento
Inserida por renatommachado