Matheus Rodrigues: Me pego a pensar O que há de acontecer...

Me pego a pensar
O que há de acontecer
Será que irão metrificar
Nossas formas de viver?

Um verso mais estreito
Uma garrafa sem nada
Já temos o eleito
Estilhaço, carne, cortada

Diz se é soneto
Ou se soneto não foi
Com terra nos olhos, entendo
E escuto o sapo-boi

Isto é sem sombra
A dúvida, a duvidar
Me lembro daqueles cinco versos
Somente críticas escutar

Se sabem ser modificados
Edifiquem a modificação
Não digo mais nada, estou parado
Sem nenhuma métrica no coração.

1 compartilhamento
Inserida por Johnny1411