ROSANGELA ZORIO: "Penumbra" – Rosângela...

"Penumbra" – Rosângela Zorio
Se eu fosse o luar numa noite límpida de outono
Pelas frestas da janela ...Invadiria seu quarto,
Pra tomar em minha boca o seu fruto em abandono
loucamente sugando-o...Em puro deleite
Meus lábios entreabertos, mordiscariam seu pomo
E a língua quente e sedenta, a lambuzar a sua haste
Na quietude da noite...num ardente sonho
Convidando-o , chamando-o para adentrar o meu corpo
Nele deixando o seu néctar...ansioso, inquieto, esvaindo-se em mim
Seu fruto crescido em minha boca sedenta
Agora descansa em minha folha orvalhada, tranqüilo...saciado
O seu cheiro selvagem exala-se em mim
Ai..como quisera ter sido assim

1 compartilhamento
Inserida por RosangelaZorio