Edson Luiz: "Ignorar àquele ou àquilo que nos...

"Ignorar àquele ou àquilo que nos agride ou que nos diminui é uma legítima forma de defesa. Não devemos gastar energia, voz e saúde com quem é dissimulado, falso ou mau-caráter. Há quem faça o diálogo, a parceria, as uniões valerem a pena; da mesma forma que há também quem faça justamente o contrário. Perdoe sim quem te machucou, mas perdoar não significa necessariamente ter que dar uma segunda, uma terceira, uma quarta, uma enésima chance. Perdoe e sinta-se mais leve, mas não dê oportunidade a quem já o feriu, a quem já te magoou, a quem o traiu, a quem te passou para trás. Não se sinta obrigado a ter que explicar aos malfeitores o porquê de eles terem ficado no passado, o seu silêncio é a melhor resposta e os mais altos dos berros, vingue-se vivendo bem e os coloque na era glacial de sua vida. Em nossa caminhada sempre existirá quem vale a pena conviver e infelizmente existirá aqueles que vale a pena desconhecer ou nem lembrar. O descarte é necessário para não carregar pesos desnecessário na vida e no coração. Dê adeus ao que é velho, no sentido do que não serve ou o que não quer servir mais e se prepare para o novo que está batendo a porta. Olhe o novo chegando ali; veja."

1 compartilhamento
Inserida por ProfessorEdson