Li Tavares: Sou aquela mesma mulher que conheceu a...

Sou aquela mesma mulher que conheceu a tempos atrás, nem tão triste, nem alegre demais... Sou doce, inocente, meio amarga por vezes.. Não carrego nos ombros ódi... Frase de Li Tavares.

Sou aquela mesma mulher que conheceu a tempos atrás,
nem tão triste, nem alegre demais...
Sou doce, inocente, meio amarga por vezes..
Não carrego nos ombros ódio, rancor, nem "tamanha" tristeza,
desses fiz confetes e soprei ao vento,
ele que leve para bem longe esses tipos de "tormento".
Sou aquela mesma mulher que agarra a vida
com unhas e dentes, sei que não é tão difícil
conseguir algo, se lutarmos bravamente,
mas bem sei que não se consegue nada,
assim..tão facilmente.
Sou aquela mesma mulher que ainda olha com ternura,
mesmo em dias nublados e frios, onde perco o sono e
lembranças teimam em vagar na minha mente.
Aprendi a lutar contra "pesadelos", eles podem até vir,
mas sei que o "sol" também virá amanhã
e sorrirá para mim novamente.

1 compartilhamento
Inserida por elizetetavares