Mayra Brenda: Aquele mundo onde só eu fazia parte,...

Aquele mundo onde só eu fazia parte, estava sendo minha válvula de escape. Não entendia o motivo das coisas acontecerem tão rapidamente, a ponto de enfrentar a mim mesmo todos os dias. Percebi que estava preso quando tentei olhar a luz do Sol e só vi vertigens. E não tirava um determinado sorriso da cabeça... Então mudei o cenário, no lugar de um bosque encantado coloquei uma selva, os insetos substituí por anfíbios gigantescos, pessoas se transformaram em monstros. Foi quando acertei. As cores não possuíam o mesmo brilho. De repente, o sorriso que insistia em não sair da minha mente era só um detalhe. A atração pelo profano me deslocou, a nossa rotina já não era a mesma. Quando pensei que estivesse sozinho, ninguém poderia estar mais acompanhado que eu. Livros não me convenciam, chegava a hora de ditar a minha própria filosofia. Se existisse uma verdade absoluta, seria a música. Ela sim nos aproxima, religião é religião. Os sentimentos de um ogro são mais sinceros que os humanos. Naquele outro universo tudo era superficial, então preferi dormir. Descobri a verdade no abstrato, aplausos pra quem consegue fazer o mesmo."

1 compartilhamento
Inserida por 220114